Novas tarifas entram em vigor e guerra comercial entre EUA e China se intensifica

A China manifestou enérgico protesto pelas novas tarifas estadunidenses de 25 por cento que entraram em vigor nesta quinta-feira (23) sobre seus produtos e também adotou um pacote de tarifas sobre produtos dos Estados Unidos

Novas tarifas entram em vigor e guerra comercial entre EUA e China se intensifica
Novas tarifas entram em vigor e guerra comercial entre EUA e China se intensifica (Foto: REUTERS/Hyungwon Kang)

247, com Prensa Latina - A China manifestou enérgico protesto pelas novas tarifas estadunidenses de 25 por cento que entraram em vigor nesta quinta-feira (23) sobre seus produtos.

De acordo com um comunicado do Ministério do Comércio, a China apresentará uma reclamação ao sistema de solução de diferenças da Organização Mundial do Comércio para proteger seus interesses legítimos, o mecanismo de livre comércio e o multilateralismo.

De maneira recíproca, a China também adotou um pacote de tarifas de 25 por cento no valor de 16 bilhões de dólares sobre produtos dos Estados Unidos como carvão, petróleo, diesel, automóveis, motocicletas, equipamento médico e produtos da indústria do aço.

É a segunda leva de tarifas que são mutuamente aplicadas depois que em 6 de julho último entraram em vigor outras tarifas de 25 por cento sobre importações no valor de 34 bilhões de dólares.

Isto ocorre apesar do diálogo em Washington entre delegações encabeçadas por David Malpass, subsecretário estadunidense do Tesouro, e Wang Shouwen, vice-ministro chinês do Comércio.

Estas conversações, as primeiras que se realizam depois de terem sido interrompidas em junho, buscam uma forma de pôr fim à escalada do enfrentamento comercial entre Washington e Pequim.

Contudo, analistas e líderes empresariais advertem que não têm expectativas de que nada de concreto saia das negociações, que simplesmemte podem preparar o terreno para mais discussões.

O presidente chinês, Xi Jinping, tem alertado que uma guerra comercial entre os dois países não terá ganhadores e constitui uma grave ameaça para a economia global.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247