NY Times: David Miranda e Glenn são atacados por Bolsonaro e seus aliados

"Greenwald e Miranda vêm sendo atacados por Bolsonaro e seus aliados. Eles enfrentam ameaças de morte e, segundo um site conservador brasileiro, a polícia federal está investigando as finanças de Greenwald", aponta o jornal estadunidense The New York Times

(Foto: Lia de Paula/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  "Greenwald e Miranda vêm sendo atacados por Bolsonaro e seus aliados. Eles enfrentam ameaças de morte e, segundo um site conservador brasileiro, a polícia federal está investigando as finanças de Greenwald", aponta o jornal estadunidense The New York Times, em tradução publicada no jornal Estado de S.Paulo.

"No Brasil, as informações publicadas pelo Intercept Brasil, agência fundada também por Greenwald, desafiaram a integridade de uma investigação sobre a corrupção que envolveu algumas das figuras mais poderosas do Brasil, levando várias delas à prisão. Entre elas, Lula, que foi preso e impedido de se candidatar à presidência em uma eleição na qual ele tinha ampla vantagem em relação a Bolsonaro."

"Os artigos do Intercept Brasil provocaram pedidos de renúncia de Moro, e tornaram Greenwald, de 52 anos, o alvo de fúria e elogios na profunda divisão política do País. O escândalo testa a resistência das instituições democráticas brasileiras sob a liderança de um presidente de extrema direita, disse Greenwald. 'Há um grande interrogativo a respeito do tipo de país que o Brasil se tornará', afirma. 'Poderá vir a ser um País com instituições democráticas que funcionam, ou irá se tornar o Estado autoritário repressivo que Bolsonaro deseja e pelo qual anseia?', questiona". 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247