Obama pede que Israel acabe com ocupações

Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que palestinos e israelenses  se beneficiariam caso Israel reconhecesse que não pode ocupar permanentemente terras palestinas e se palestinos rejeitassem o incitamento e reconhecessem a legitimidade de Israel; "Com certeza israelenses e palestinos estarão melhores caso palestinos rejeitem incitamentos e reconheçam a legitimidade de Israel... (e se) Israel reconhecer que não pode permanentemente ocupar e se estabelecer em território palestino", disse Obama durante discurso na Assembleia Geral anual da ONU

Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durante evento em Washington. 04/05/2016 REUTERS/James Lawler Duggan
Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durante evento em Washington. 04/05/2016 REUTERS/James Lawler Duggan (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - Ambos lados se beneficiariam caso Israel reconhecesse que não pode ocupar permanentemente terras palestinas e se palestinos rejeitassem o incitamento e reconhecessem a legitimidade de Israel, disse nesta terça-feira o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

"Com certeza israelenses e palestinos estarão melhores caso palestinos rejeitem incitamentos e reconheçam a legitimidade de Israel... (e se) Israel reconhecer que não pode permanentemente ocupar e se estabelecer em território palestino", disse Obama durante discurso final como presidente antes da Assembleia Geral anual da ONU.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247