Otan expulsa diplomatas russos e reduz tamanho da missão no país

Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) expulsou sete diplomatas da missão russa para a aliança em decorrência do ataque com uso de agente nervoso em território britânico neste mês, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg; Otan também reduziu o tamanho máximo da missão russa para a organização de 30 para 20 pessoas

Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) expulsou sete diplomatas da missão russa para a aliança em decorrência do ataque com uso de agente nervoso em território britânico neste mês, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg; Otan também reduziu o tamanho máximo da missão russa para a organização de 30 para 20 pessoas
Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) expulsou sete diplomatas da missão russa para a aliança em decorrência do ataque com uso de agente nervoso em território britânico neste mês, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg; Otan também reduziu o tamanho máximo da missão russa para a organização de 30 para 20 pessoas (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) expulsou sete diplomatas da missão russa para a aliança em decorrência do ataque com uso de agente nervoso em território britânico neste mês, disse o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, nesta terça-feira.

Stoltenberg disse que a Otan também reduziu o tamanho máximo da missão russa para a organização de 30 para 20 pessoas.

"Isso envia uma mensagem muito clara para a Rússia de que isso tem preço", disse, em coletiva de imprensa.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247