Países membros do BRICS compartilham visões em comum nas reformas de FMI, OMC e OMS, diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou que, na Cúpula do G20 na Arábia Saudita entre 21 a 22 de novembro, ele pretende observar se as "abordagens dos países do BRICS na maioria dos itens das atividades do G20 são próximas ou são as mesmas em relação às reformas das instituições como FMI, OMC e OMS"

Vladimir Putin
Vladimir Putin (Foto: Kremlin)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Sputnik - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul compartilham visões em comum nas reformas de organismos mundiais importantes, disse o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta terça-feira (17) na Cúpula de Chefes de Estado do BRICS.

Putin se referia a Fundo Monetário Internacional (FMI), Organização Mundial do Comércio (OMC) e Organização Mundial da Saúde (OMS), quando tratou sobre o tema em sua intervenção. 

"À luz da Cúpula do G20, que será realizada na Arábia Saudita entre 21 a 22 de novembro, quero observar que as abordagens dos países do BRICS na maioria dos itens das atividades do G20 são próximas ou são as mesmas em relação às reformas das instituições como FMI, OMC e OMS", declarou Putin.

"O G20 desenvolveu um conjunto de medidas destinadas a fazer frente às consequências negativas da pandemia da COVID-19, com especial enfoque no comércio aberto", acrescentou o presidente russo, salientando que isso foi feito com a participação do BRICS.

A 12ª Cúpula de Chefes de Estado do BRICS acontece em formato de videoconferência. A reunião é presidida pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, e conta com a presença de seus homólogos brasileiro, Jair Bolsonaro; chinês, Xi Jinping; sul-africano, Cyril Ramaphosa; e do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email