Parlamentares apoiadores de Evo Morales entram em greve de fome

O novo presidente da Câmara pediu também que a políca boliviana pare de amendrontar depuados do partido MAS, o mesmo de Evo Morales

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Deputados do Movimiento al Socialismo (MAS), partido de Evo Morales, anunciaram nesta quinta-feira (14) após se estabelecerem na Assembleia Legislativa Plurinacional da Bolivia que estão em greve de fome. 

"O quórum correspondente foi estabelecido com 74 parlamentares presentes e até um deputado da oposição", disse o parlamentar Sergio Choque, novo presidente da Câmara eleito na madrugada desta quinta.

O presidente da Câmara pediu em seu primeiro discurso que a polícia pare de amendrontar parlamentares do MAS. "Pedimos paz e criticamos atos de vandalismo, as autoridades correspondentes devem realizar as investigações".

Choque também propôs um projeto de lei para que militares retornem ao quartel após manifestantes que protestaram contra o golpe de estado terem sido "massacrados pela polícia e pelas forças armadas".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247