Partidários de Maduro também vão às ruas defender país do golpe

Os partidários do presidente venezuelano Nicolás Maduro também farão manifestações nesta quarta-feira (23), em Caracas, para "defender a soberania da Venezuela, contra as intenções golpistas da oposição", diz um comunicado que circula desde a tarde da terça-feira, distribuído pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV)

Partidários de Maduro também vão às ruas defender país do golpe
Partidários de Maduro também vão às ruas defender país do golpe

247, com AVN - Os partidários do presidente venezuelano Nicolás Maduro também farão manifestações nesta quarta-feira (23), em Caracas, para "defender a soberania da Venezuela, contra as intenções golpistas da oposição", diz um comunicado que circula desde a tarde da terça-feira, distribuído pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).

A manifestação pretende apoiar o governo e também comemorar o 61º aniversário da queda da ditadura de Marcos Pérez Jiménez.

"Amanhã vamos todos sair às ruas para apoiar o presidente Nicolás Maduro, para defender a paz, a unidade nacional, para defender este povo que é vítima de uma terrível campanha de racismo e xenofobia", disse a vice-presidenta executiva da República Bolivariana da Venezuela, Delcy Rodriguez em coletiva de imprensa.

Rodriguez relatou que a gravidade fará o governo nacional na implementação de leis do país contra aqueles que tentam criar desestabilização social.

O presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Diosdado Cabello, reforçou a convocação a todos os movimentos sociais: "No dia 23, vamos fazer uma grande mobilização". 

Ele reiterou que a marcha terá como objetivo defender a pátria e os ideais de liberdade, igualdade e soberania da Venezuela.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247