Pepe Escobar: Brasil já é alvo de ataque especulativo

O jornalista Pepe Escobar alerta que o Brasil já está sendo alvo de ataques especulativos dos EUA, que usam de sansões econômicas aos diversos países que não seguem a cartilha de Donald Trump; "Se Lula ou o seu candidato forem eleitos, este ataque especulativo irá se intensificar, assim como fizeram com a lira, a moeda turca", alerta; assista à íntegra da entrevista

Pepe Escobar: Brasil já é alvo de ataque especulativo
Pepe Escobar: Brasil já é alvo de ataque especulativo

TV 247 – O jornalista Pepe Escobar fez sua analise de conjuntura internacional à TV 247, nesta semana, explicando as manobras estadunidenses para manter sua hegemonia econômica e política, usando de sansões econômicas em diversos países que não seguem a cartilha de Donald Trump. 

Pepe antecipa que o Brasil está na mira de um ataque especulativo, argumentando que a mídia hegemônica estadunidense já diz que o Real sofrerá ataques, assim como a Lira (moeda turca) sofreu recentemente. "A vitória de Lula ou do seu candidato representa o fracasso da política monetária vigente, será o fim para Bolsa de Valores de São Paulo, ou seja, tal ataque poderá se intensificar com o PT na presidência", afirma. 

O jornalista explica que a nova tática de Washington é promover ataques especulativos e impor sansões econômicas aos países que não seguem sua cartilha, rechaçado qualquer tipo de diálogo. "China, União Europeia, Rússia, Irã, Venezuela e Síria são vítimas dessa política, é uma completa demência", aponta.

Questão turca

O pastor evangélico estadunidense Andrew Brunson encontra-se preso na Turquia há 22 meses, acusado de Terrorismo pelo governo Turco. Para Pepe, o pastor é claramente um agente da CIA. "Ele foi preso na Turquia por conta disso, os ataques à libra foram uma retaliação do Governo Trump por conta do cárcere de Brunson", explica.

Ele segue seu relato dizendo que o governo turco reagiu com energia a provocação de Trump. "O presidente da Turquia Recep Erdogan declarou que um ataque especulativo é tão nocivo quanto um ataque à bandeira", relata Pepe.

O jornalista considera que o governo turco percebeu que não ganham nada se aliando aos EUA. "Eles pensavam que ser membro da Otan facilitaria o ingresso na União Europeia, mas o país foi barrado descaradamente pelo bloco, por conta do caráter islâmico da Turquia", expõe.

ONU-Lula

A respeito do parecer da Organização das Nações Unidas (ONU) apontando arbitrariedades na prisão de Lula, cobrando que ele tenha seus direitos como candidato atendidos, Pepe ressalta que a organização internacional possui direitos extraterritoriais. 

Em referência a Carlos Alberto Sardenberg, que publicou um artigo classificando o parecer da ONU como fake news, debochou: "Aquele jornalista da Globo... o que este bananinha entende de jurisdição internacional?".

Inscreva-se na TV 247 e confira a entrevista com Pepe Escobar:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247