Por telefone, chanceler russo adverte EUA contra 'uso da força' na Venezuela

Segundo informa a diplomacia russa, em conversa por telefone nesta terça-feira (12), com o chanceler norte-americano Mike Pompeo, Sergei Lavrov "alertou contra qualquer ingerência nos assuntos internos da Venezuela, incluindo o uso da força com a qual Washington ameaça, em violação à lei internacional"

Por telefone, chanceler russo adverte EUA contra 'uso da força' na Venezuela
Por telefone, chanceler russo adverte EUA contra 'uso da força' na Venezuela (Foto: KOCA SULEJMANOVIC)

247 - Em conversa por telefone, o chanceler russo, Sergei Lavrov, advertiu o governo norte-americano contra qualquer ingerência contra a Venezuela, inclusive o "uso da força", com tem cogitado o governo de Donald Trump.

Segundo informa a diplomacia russa, a conversa aconteceu nesta terça-feira (12), com o chanceler norte-americano Mike Pompeo. Lavrov "alertou contra qualquer ingerência nos assuntos internos da Venezuela, incluindo o uso da força com a qual Washington ameaça, em violação à lei internacional".

Ainda segundo a chancelaria russa, a comunicação telefônica ocorreu "por iniciativa americana" e, na conversa, Lavrov "disse estar pronto para consultas sobre a questão da Venezuela à luz dos princípios da ONU".

O governo Donald Trump tem insuflado o golpe contra o governo de Nicolás Maduro com o apoio a Juan Guaidó. O opositor, que se autodeclarou presidente da Venezuela, anunciou que a suposta "ajuda de emergência americana" entrará no país no próximo 23 de fevereiro.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247