Premiê pede desculpas por atrasar ajuda a italianos na pandemia

"Peço desculpas em nome do governo e garanto que continuaremos a tentar garantir que os pagamentos e os financiamentos sejam transferidos o mais rápido possível", escreveu Giuseppe Conte em mensagem por ocasião do Dia do Trabalho

Giuseppe Conte, primeiro-ministro italiano
Giuseppe Conte, primeiro-ministro italiano (Foto: Sputnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(ANSA) - Em uma mensagem por ocasião do "Dia do Trabalho", o primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, pediu nesta sexta-feira (1º) desculpas pelo atraso no pagamento do auxílio aprovado pelo governo para ajudar todos os cidadãos italianos e empresas afetados pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Segundo o político italiano, "muitas pessoas receberam ajuda, outras receberão nos próximos dias", porque "houve e ainda existem alguns atrasos no pagamento dessa ajuda".

"Peço desculpas em nome do governo e garanto que continuaremos a tentar garantir que os pagamentos e os financiamentos sejam transferidos o mais rápido possível", escreveu em sua conta no Facebook.

Na última quinta-feira (29), Conte discursou no Parlamento da Itália e afirmou que disponibilizará mais 25 bilhões de euros para medidas de apoio ao trabalho e à renda das empresas e dos trabalhadores.

Para ele, o "Estado e todas as pessoas que trabalham nunca foram confrontados com uma ameaça econômica e à saúde". "Nos últimos 50 dias, tivemos que fazer um esforço econômico equivalente a dois ou três anos".

De acordo com Conte, mais de 4 milhões de pessoas retornam ao trabalho na segunda-feira (4), graças aos primeiros resultados das medidas de contenção. "Eles podem confiar na aplicação de protocolos de segurança rígidas, sobre os quais seremos intransigentes", concluiu.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247