Público presta homenagem a George Floyd diante de caixão fechado

Dentro da Igreja da Fonte de Louvor americanos puderam ver caixão por poucos segundos antes de receber orientação para deixar o local. Manifestantes foram ao local segurando cartazes pedindo justiça

A morte do rapaz negro George Floyd, 46 anos, gerou uma séria de protestos dentro e fora dos EUA contra o racismo
A morte do rapaz negro George Floyd, 46 anos, gerou uma séria de protestos dentro e fora dos EUA contra o racismo (Foto: Lucas Jackson/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O funeral de George Floyd aberto ao público começou na manhã desta segunda-feira (8), em Houston, no estado norte-americano do Texas. O rapaz negro foi imobilizado e asfixiado por um policial branco em Mineápolis, no estado de Minnesota. O corpo dele está exposto em caixão fechado na Igreja da Fonte de Louvor.

Várias pessoas se organizaram em duas filas, todas de máscara e a pelo menos um metro de distância das outras. Dentro da Igreja da Fonte de Louvor puderam ver caixão por poucos segundos antes de receber orientação para deixar o local.

Manifestantes seguravam cartazes pedindo justiça, além de camisetas e máscaras com o nome dele e as frases "Black lives matter" (vidas negras importam, em português) e "i can't breathe" (eu não consigo respirar, repetida 11 vezes por Floyd antes de morrer).

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247