Reino Unido convoca embaixador da Coreia do Norte

"Convoquei o embaixador da Coreia do Norte para sublinhar com a maior veemência a condenação britânica do teste nuclear", informou, em comunicado, o secretário de Estado para os Assuntos Asiáticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico, Hugo Swire

"Convoquei o embaixador da Coreia do Norte para sublinhar com a maior veemência a condenação britânica do teste nuclear", informou, em comunicado, o secretário de Estado para os Assuntos Asiáticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico, Hugo Swire
"Convoquei o embaixador da Coreia do Norte para sublinhar com a maior veemência a condenação britânica do teste nuclear", informou, em comunicado, o secretário de Estado para os Assuntos Asiáticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico, Hugo Swire (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

O governo do Reino Unido convocou nesta quinta-feira 7 o embaixador da Coreia do Norte em Londres para condenar o teste nuclear anunciado ontem (6) por Pyongyang.

"Convoquei o embaixador da Coreia do Norte para sublinhar com a maior veemência a condenação britânica do teste nuclear", informou, em comunicado, o secretário de Estado para os Assuntos Asiáticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico, Hugo Swire.

O texto acrescenta que o Reino Unido apoia o acordo alcançado no Conselho de Segurança da ONU para preparar novas sanções contra a Coreia do Norte e classificou o ensaio como uma "violação clara" de várias resoluções do órgão executivo das Nações Unidas.

"Apelo ao regime norte-coreano que atue no melhor interesse do seu povo e escolha o caminho que os beneficiar", afirmou o secretário.

A Coreia do Norte anunciou nessa quarta-feira ter realizado um teste bem-sucedido de uma bomba de hidrogénio com "um dispositivo miniaturizado".

Três testes nucleares norte-coreanos anteriores, realizados em 2006, 2009 e 2013, geraram a imposição de uma série de sanções da ONU ao país.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247