Rússia não tolerará que Kiev e países ocidentais encenem provocação em Donbass, diz diplomata

"Não excluo que eles possam encenar uma provocação, estão criando uma cobertura informacional para isso" disse Konstantin Gavrilov

www.brasil247.com -
(Foto: Forças Armadas da Ucrânia)


Sputnik - A Rússia não tolerará um ataque de Kiev e do Ocidente à região de Donbass, disse no domingo (23) Konstantin Gavrilov, chefe da delegação russa nas negociações sobre questões de segurança militar e controle de armamentos em Viena, Áustria.

"Foi tudo dito e avisado: não toleraremos quando atacarem nossos cidadãos. Foi dito claramente, foi expresso claramente em toda a mídia", comentou ele.

"Esta campanha, que foi iniciada no Ocidente, acusando a Rússia de todos os pecados, de que estamos prestes a invadir, e eles não param ante as afirmações do presidente, do ministro, do vice-ministro, de outros representantes russos, que não pretendemos [fazer isso], que não precisamos de uma guerra, mas precisamos de uma solução diplomática. Não excluo que eles possam encenar uma provocação, estão criando uma cobertura informacional para isso", afirmou Gavrilov.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gavrilov referiu que a Rússia é um dos garantes dos acordos de paz de Minsk, assinados originalmente em 2014, e "não permitirá que seus cidadãos sejam magoados, muito menos mortos" no conflito que decorre no leste da Ucrânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em dezembro de 2021 Moscou publicou projetos de acordo que insta a não expansão da OTAN para leste, na proximidade das fronteiras da Rússia, sendo isso considerado uma ameaça à segurança do país. Para evitar tensões, o Kremlin propôs a não colocação de armas, mísseis, tropas ou realização de exercícios na proximidade das fronteiras dos dois lados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As propostas russas foram analisadas em 10 de janeiro como parte do diálogo estratégico em Genebra, Suíça. Em seguida foi realizada uma reunião do Conselho OTAN-Rússia em Bruxelas, Bélgica, e consultas da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) em Viena, Áustria.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email