Rússia: todos os terroristas da Síria são patrocinados a partir do exterior

Todos os grupos terroristas na Síria são financiados, controlados e recebem armas a partir do exterior, declarou hoje (24) o chefe do Estado-Maior General da Rússia, general do exército Valery Gerasimov; "Não é possível dizer exatamente quando os distúrbios internos se transformaram em uma guerra. Nenhum Estado declarou abertamente guerra contra a Síria, mas todos os grupos armados ilegais recebem armas, são financiados e controlados a partir do exterior", afirmou ele

Todos os grupos terroristas na Síria são financiados, controlados e recebem armas a partir do exterior, declarou hoje (24) o chefe do Estado-Maior General da Rússia, general do exército Valery Gerasimov; "Não é possível dizer exatamente quando os distúrbios internos se transformaram em uma guerra. Nenhum Estado declarou abertamente guerra contra a Síria, mas todos os grupos armados ilegais recebem armas, são financiados e controlados a partir do exterior", afirmou ele
Todos os grupos terroristas na Síria são financiados, controlados e recebem armas a partir do exterior, declarou hoje (24) o chefe do Estado-Maior General da Rússia, general do exército Valery Gerasimov; "Não é possível dizer exatamente quando os distúrbios internos se transformaram em uma guerra. Nenhum Estado declarou abertamente guerra contra a Síria, mas todos os grupos armados ilegais recebem armas, são financiados e controlados a partir do exterior", afirmou ele (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik – Todos os grupos terroristas na Síria são financiados, controlados e recebem armas a partir do exterior, declarou hoje (24) o chefe do Estado-Maior General da Rússia, general do exército Valery Gerasimov.

"Antes de a Rússia se ter envolvido na guerra ao lado do governo [sírio], esse país já por mais de quatro anos travava uma guerra não declarada pelo direito de existir", disse Gerasimov.

"Não é possível dizer exatamente quando os distúrbios internos se transformaram em uma guerra. Nenhum Estado declarou abertamente guerra contra a Síria, mas todos os grupos armados ilegais recebem armas, são financiados e controlados a partir do exterior", afirmou ele.

Anteriormente, o vice-ministro da Defesa russo, Aleksandr Fomin, declarou que as forças especiais norte-americanas e outras unidades militares contribuíram para a criação de zonas seguras para os terroristas na Síria ocidental.

As forças dos EUA, que entraram na Síria sem a aprovação das autoridades do país, foram repetidamente acusadas de apoiarem os terroristas na região. Ao contrário, os militares russos, que estão na Síria a pedido do presidente do país Bashar Assad, contribuíram consideravelmente para a derrota do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

Inscreva-se na TV 247 e confira a entrevista de Lucia Helena Issa sobre a Síria:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247