Senado autoriza revista de casas de Cristina Kirchner

O Senado argentino autorizou operações de busca e apreensão nas propriedades da ex-presidente e atual senadora Cristina Kirchner; decisão não causou surpresa porque ela tinha anunciado que estava disposta a abrir as suas propriedades para investigação e, inclusive, votou a favor das buscas, por afirmar que nada tem a esconder; caso investiga anotações de um ex-motorista do ministério do Planejamento supostamente responsável pela entrega de propina a políticos por parte de empresários

Senado autoriza revista de casas de Cristina Kirchner
Senado autoriza revista de casas de Cristina Kirchner (Foto: REUTERS/Presidência da Argentina/Divulgação)

247 – O Senado argentino acolheu, como era previsto, o pedido do juiz Claudio Bonadio e autorizou a realização de operações de busca e apreensão nas propriedades da ex-presidente e atual senadora Cristina Kirchner.

A decisão não causou surpresa porque a própria ex-presidente já tinha anunciado que estava disposta a abrir as suas propriedades para investigação da chamada Operação “Cadernos da Corrupção”. Ela mesma, inclusive, votou a favor das buscas, por afirmar que nada tem a esconder, revela reportagem de Sylvia Colombo, na Folha de S. Paulo.

Questão trata de uma série de cópias de documentos que o jornal La Nacion teve acesso, com anotações de um ex-motorista do ministério do Planejamento supostamente responsável pela entrega de propina a políticos por parte de empresários.

 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247