Trump diz que situação na Coreia do Norte 'dificilmente será resolvida de forma pacífica'

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acredita que é "muito possível" que a crise da Coreia do Norte não possa ser resolvida de forma pacífica; Em entrevista à Reuters, o presidente dos EUA indicou que não confia que o diálogo com Pyongyang levará a "algo significativo"; o presidente se predispôs a sentar na mesa de negociação com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, mas avaliou que isso dificilmente ajudaria a resolver a crise

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acredita que é "muito possível" que a crise da Coreia do Norte não possa ser resolvida de forma pacífica; Em entrevista à Reuters, o presidente dos EUA indicou que não confia que o diálogo com Pyongyang levará a "algo significativo"; o presidente se predispôs a sentar na mesa de negociação com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, mas avaliou que isso dificilmente ajudaria a resolver a crise
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acredita que é "muito possível" que a crise da Coreia do Norte não possa ser resolvida de forma pacífica; Em entrevista à Reuters, o presidente dos EUA indicou que não confia que o diálogo com Pyongyang levará a "algo significativo"; o presidente se predispôs a sentar na mesa de negociação com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, mas avaliou que isso dificilmente ajudaria a resolver a crise (Foto: Romulo Faro)

Sputnik - O presidente dos EUA, Donald Trump, acredita que é "muito possível" que a crise da Coreia do Norte não possa ser resolvida de forma pacífica.

Em entrevista à Reuters, o presidente dos EUA indicou que não confia que o diálogo com Pyongyang levará a "algo significativo". O presidente se predispôs a sentar na mesa de negociação com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, mas avaliou que isso dificilmente ajudaria a resolver a crise.

Trump lembrou que as negociações que seus predecessores tiveram com a Coreia do Norte não obtiveram avanços: "Dialogaram durante 25 anos e [os norte-coreanos] aproveitaram nossos presidentes anteriores", criticou.
Na entrevista, o presidente também acusou a Rússia de "não ajudar" seu país quando se trata de isolar a nação asiática.

Uma série de países se reuniu na cidade canadense de Vancouver para tentar encontrar uma solução para a crise norte-coreana. Rússia e a China, considerados duas nações importantes para o processo de paz na península, foram convidadas a participar apenas do final do evento para que serem informadas sobre os resultados do debate.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247