Um ditador impiedoso, que mata até em funerais

Governo de Bashar Al-Assad ataca partcipantes da oposio sria, que participavam de um funeral, deixando dezenas de feridos

Um ditador impiedoso, que mata até em funerais
Um ditador impiedoso, que mata até em funerais (Foto: Divulgação)

Membros das forças armadas da Síria abriram fogo contra um grande grupo de pessoas que compareceu neste sábado aos funerais de manifestantes mortos em protestos na capital do país, informou um porta-voz dos organizadores na capital Damasco. "As forças do (presidente Bashar) al-Assad estão atirando nos participantes dos funerais e jogando gás lacrimogêneo para dispersá-los", disse Mohammad Chami, do comitê coordenador local que organiza os protestos, durante entrevista via Skype.

A organização Observatório Sírio Para Direitos Humanos informou que os feridos estavam entre os milhares que participavam dos funerais no bairro de Mazzeh na parte oeste da cidade, mas não especificou o número de feridos ou a gravidade dos ferimentos.

A organização, que tem sede na Grã-Bretanha, disse que quatro pessoas, duas delas adolescentes, foram mortas quando as forças armadas também abriram fogo contra os protestos de ontem em Damasco. "É a primeira vez que os protestos se espalham para as vizinhanças mais ricas da cidade", afirmou Moaz Shami, do comitê organizador local, acrescentando que ontem 49 manifestações foram registradas na capital síria.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247