Universidades americanas podem suspender aulas até 2021

A brutal aceleração dos casos de coronavírus nos EUA e no mundo suscitaram uma nova possibilidade de contenção da pandemia: várias universidades americanas estão aventando retomar as aulas presenciais só em 2021

Pessoas fazem fila para serem testadas para o coronavírus, no Queens, Nova York
Pessoas fazem fila para serem testadas para o coronavírus, no Queens, Nova York (Foto: REUTERS/Jeenah Moon)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Muitas universidades norte-americanas estão considerando a possibilidade de que as aulas presenciais não sejam retomadas até 2021, de acordo com a CNN.

A reportagem do portal Uol destaca que "a Universidade de Boston, uma das maiores do país, já cancelou todas as atividades presenciais de verão — nos EUA, a estação vai até o final de setembro — mas informou, em comunicado, que se as autoridades não declararem que é seguro retomar as aulas no outono (entre setembro e dezembro), o cronograma só será retomado no ano que vem."

A Universidade escreveu: "no improvável caso de que as autoridades de saúde pública considerem insegura a abertura no outono de 2020, o plano de contingência da Universidade prevê a necessidade de considerar um retorno em janeiro de 2021"

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247