Valor de importação energética da Rússia pela UE dobrou nos últimos dois meses

A Bloomberg News informou há alguns dias que quatro empresas europeias começaram a pagar suas compras de gás natural em rublos e outras dez abriram contas no Banco Gazprom

www.brasil247.com - Logo da Gazprom em coluna em unidade de processamento de gás na região de Amur, Rússia.
Logo da Gazprom em coluna em unidade de processamento de gás na região de Amur, Rússia. (Foto: REUTERS/Maxim Shemetov)


Rádio Internacional da China - Desde o início da crise ucraniana, os EUA e a UE têm reforçado as sanções contra a Rússia. No entatno, dados mostram que a importação de energia da Rússia pelos membros da UE aumentou nos últimos dois meses em comparação com o mesmo período do ano passado.

Citando o Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo (CREA, na sigla em inglês), uma instituição independente, a CNN informou na quinta-feira (28) que de 24 de fevereiro a 24 de abril, os países da UE importaram energias russas no valor de 44 bilhões de euros. Devido à alta do preço, a verba de importação de energia russa mais que dobrou em termos anuais.

A Bloomberg News informou há alguns dias que quatro empresas europeias começaram a pagar suas compras de gás natural em rublos e outras dez abriram contas no Banco Gazprom.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No consumo energético da UE, 40% do gás natural e 30% do petróleo vêm da Rússia. A Alemanha é o maior importador do bloco. Até hoje, os membros da UE ainda não chegaram a um consenso sobre as sanções contra a Rússia na área energética.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email