Antes de se reunir com Bolsonaro, Onyx diz que não cogita deixar o governo

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou na manhã desta sexta-feira que não considera deixar o governo. Assessores ligados ao ministro Onyx tentam decifrar os próximos movimentos de Bolsonaro, que se demonstrou extremamente irritado com os últimos atos da pasta

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni
O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou na manhã desta sexta-feira que não considera deixar o governo. Ele antecipou seu retorno das férias em meio à crise envolvendo a exoneração de José Vicente Santini, que era seu secretário-executivo. 

 Jair Bolsonaro também esvaziou a pasta ao retirar de sua alçada o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Bolsonaro e Onyx devem se reunir nesta sexta-feira para decidir o futuro da pasta, informa reportagem do jornal O Globo. 

"Claro que não (considero deixar o governo). Como já disse, a minha missão, junto com o presidente Bolsonaro, é servir o Brasil. Mas claro que toda e qualquer decisão dentro do governo é liderada por ele", afirmou o ministro ao desembarcar em Brasília.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247