Artífices do golpe, Temer e Aécio são os políticos mais rejeitados do País

Protagonistas do golpe de 2016, Michel Temer e o senador Aécio Neves se tornaram os nomes mais rejeitados da política brasileira, segundo a pesquisa Ipsos; Temer, denunciado por corrupção, obstrução judicial e comando de organização criminosa, já é repudiado por 94% dos brasileiros; Aécio, que poderá ter seu pedido de prisão julgado na próxima terça-feira, por envolvimento no esquema de propinas da JBS, é rejeitado por 89%; os dados comprovam que o golpe parlamentar, além de destruir a economia e a imagem do Brasil, foi também fatal para os seus articuladores

Michel Temer Aécio Neves
Michel Temer Aécio Neves (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Quais são os políticos mais rejeitados do Brasil? Eles mesmos, Michel Temer e Aécio Neves, responsáveis pelo golpe que destruiu a democracia, a economia e a imagem do Brasil.

Segundo a pesquisa Ipsos, que também revelou aumento da rejeição ao juiz Sergio Moro e queda nos índices de reprovação ao ex-presidente Lula (leia aqui), Michel Temer é rechaçado por 94% dos brasileiros – um recorde histórico – e Aécio por 89%.

Temer foi denunciado por corrupção, obstrução judicial e comando de organização criminosa. Aécio poderá ter seu pedido de prisão julgado na próxima terça-feira, por envolvimento no esquema de propinas da JBS.

Os dados demonstram que o golpe de 2016 foi também fatal para os seus articuladores. Confira, abaixo, os dados:

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247