Bolsonaro decidirá proposta da Previdência quando voltar de Davos

O presidente Jair Bolsonaro vai "bater o martelo" sobre a proposta de reforma da Previdência a ser enviada ao Congresso quando voltar de Davos, onde participará do Fórum Econômico Mundial, disse nesta terça-feira o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; antes de embarcar para a cidade suíça, Bolsonaro vai assistir a uma apresentação feita pela equipe econômica sobre a reforma

Bolsonaro decidirá proposta da Previdência quando voltar de Davos
Bolsonaro decidirá proposta da Previdência quando voltar de Davos

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro vai "bater o martelo" sobre a proposta de reforma da Previdência a ser enviada ao Congresso quando voltar de Davos, onde participará do Fórum Econômico Mundial, disse nesta terça-feira o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Antes de embarcar para a cidade suíça, Bolsonaro vai assistir a uma apresentação feita pela equipe econômica sobre a reforma.

Segundo Onyx, somente quando Bolsonaro voltar de Davos é que ele vai "bater o martelo" sobre a proposta de reforma que será enviada pelo governo ao Congresso.

Em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, o ministro disse ainda que a comitiva que vai acompanhar Bolsonaro em Davos é pequena, sendo composta pelo chanceler Ernesto Araújo e os ministros Paulo Guedes (Economia), Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247