Bolsonaro perde até para votos em branco na Câmara

Candidato a presidente da Câmara, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) consolidou sua trajetória de fiasco eleitoral na Casa; ficou em último lugar na disputa, com apenas quatro votos; atrás até dos votos em branco, que foram cinco; vencedor da eleição, deputado Rodrigo Maia (DEM), recebeu 293 votos e vai presidir a Casa no biênio 2017-2018; foi a terceira vez que Jair Bolsonaro concorreu à presidência da Câmara; ele já está em seu sétimo mandato como deputado e nutre sonho de se candidatar à Presidência da República

Candidato a presidente da Câmara, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) consolidou sua trajetória de fiasco eleitoral na Casa; ficou em último lugar na disputa, com apenas quatro votos; atrás até dos votos em branco, que foram cinco; vencedor da eleição, deputado Rodrigo Maia (DEM), recebeu 293 votos e vai presidir a Casa no biênio 2017-2018; foi a terceira vez que Jair Bolsonaro concorreu à presidência da Câmara; ele já está em seu sétimo mandato como deputado e nutre sonho de se candidatar à Presidência da República
Candidato a presidente da Câmara, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) consolidou sua trajetória de fiasco eleitoral na Casa; ficou em último lugar na disputa, com apenas quatro votos; atrás até dos votos em branco, que foram cinco; vencedor da eleição, deputado Rodrigo Maia (DEM), recebeu 293 votos e vai presidir a Casa no biênio 2017-2018; foi a terceira vez que Jair Bolsonaro concorreu à presidência da Câmara; ele já está em seu sétimo mandato como deputado e nutre sonho de se candidatar à Presidência da República (Foto: Aquiles Lins)

247 - Candidato a presidente da Câmara, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) consolidou sua trajetória de fiasco eleitoral na Casa. Ficou em último lugar na disputa, com apenas o dele e de mais três correligionários (um deles, provavelmente o filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP)). O número de votos em branco, cinco, foi maior que a votação de Bolsonaro. 

O vencedor da eleição, deputado Rodrigo Maia (DEM), recebeu 293 votos e vai presidir a Casa no biênio 2017-2018. O petebista Jovai Arantes ficou em segundo, com 105 votos, enquanto o deputado André Figueiredo (PDT-CE), ficou em terceiro, com 59 votos. Júlio Delgado (PSB-MG) recebeu 28 votos e Luiza Erundina (PSOL-SP), 10. 

Essa foi a terceira vez que Jair Bolsonaro concorreu à presidência da Câmara. Além das eleições deste ano, ele já tentou o cargo em 2005 e 2011, ambas vezes sem sucesso. Oficial do Exército, ele já está em seu sétimo mandato como deputado e nutre sonho de se candidatar à Presidência da República. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247