Chanceler do golpe, Aloysio se cala sobre Trump e diz que PT bajula Maduro

Em entrevista à revista IstoÉ, o tucano Aloysio Nunes, ministro das Relações Exteriores do governo Temer, que tem liderado o posicionamento contra o governo venezuelano no Mercosul, afirma que os petistas "lambem as mãos de Maduro"; o chanceler que apoiou o golpe contra Dilma Rousseff diz ainda que essa postura do PT "causa ojeriza a todos os que prezam a democracia"

aloysio venezuela
aloysio venezuela (Foto: Gisele Federicce)

247 - Chanceler que apoiou o golpe contra Dilma Rousseff, Aloysio Nunes critica em entrevista à IstoÉ nesta semana o posicionamento do PT em relação à Venezuela.

Para o ministro das Relações Exteriores do governo Temer, que tem liderado o posicionamento contra o governo venezuelano junto aos países do Mercosul, os petistas "lambem as mãos de Maduro".

O tucano, que assumiu um governo sem votos após derrubar uma presidente eleita sem crime de responsabilidade, diz ainda que essa postura do PT "causa ojeriza a todos os que prezam a democracia".

"O governo do PT tolerou desvios autoritários do governo Maduro que levaram ao rompimento da ordem democrática estabelecida na própria Constituição bolivariana", criticou.

O Itamaraty, no entanto, nada comentou até agora sobre a ameaça feita nesta sexta-feira 11 pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contra a Venezuela. Trump disse considerar uma opção militar no país sul-americano.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247