Ciro Gomes detona Sergio Moro e diz que o ex-juiz suspeito confessou "crimes em cascata" em seu livro

Segundo o presidenciável, ele admitiu ter prevaricado no caso das rachadinhas bolsonaristas, quando foi ministro da Justiça. Ciro também o chamou para um debate aberto

www.brasil247.com - Sérgio Moro e Ciro Gomes
Sérgio Moro e Ciro Gomes (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O candidato Ciro Gomes, do PDT, detonou o ex-juiz suspeito Sergio Moro, que lançou livro sobre sua atuação na Lava Jato, que, segundo o Supremo Tribunal Federal, corrompeu o sistema judicial ao ferir a regra básica da imparcialidade e, segundo o Dieese, destruiu 4,4 milhões de empregos no Brasil. "Confissão de crimes em cascata, cumplicidade, subserviência, oportunismo e cinismo deslavado, são as definições mais civilizadas que se pode fazer sobre o conteúdo do livro de Sérgio Moro, no resumo apresentado pela Folha", escreveu Ciro.

"Nesta sua delação premiada, Moro admite não ter visto crimes nas rachadinhas nem nas seguidas agressões de Bolsonaro às instituições. Também não viu problema na enquadrada  do general Villas Boas ao Supremo.

Ciro Gomes. Seu rosário de culpas e desculpas inconvincentes avança quando apoia o uso político e a contaminação de imagem que Bolsonaro faz das Forças Armadas e sua política de facilitação de armas à população civil. Suas mentiras e contradições explodem quando ele nega acertos para ser indicado para o Supremo, mas candidamente confessa que não 'descartava a possibilidade de ser nomeado pelo presidente no momento oportuno'", prossegue.

PUBLICIDADE

"Todos que já conheciam Moro não se surpreenderão com esta podre exposição de motivos, mas é impossível que os demais brasileiros não fiquem chocados com tamanha hipocrisia e falsidade juntas. Se esta delação em busca de um prêmio já revira o estômago, imagine  o asco que causaria as omissões do muito que não é contado no livro. Por estas e outras, reitero meu convite: 'vamos debater, Moro? Por que se escondes, ex-juiz valentão?'”, finaliza.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email