Com Maia substituindo Temer, Câmara será presidida por André Fufuca

Conheça o deputado que irá presidir a Câmara dos Deputados com a viagem de Michel Temer à China: André Fufuca (PP-MA) tem 28 anos, é formado em Medicina e é filho de político; deputado estadual pelo PSDB entre 2011 e 2015 e foi eleito deputado federal pelo nanico PEN; hoje faz parte do PP, um dos partidos do "centrão"; ligado ao ex-deputado Eduardo Cunha, foi a favor do impeachment de Dilma e contra o prosseguimento da investigação contra Temer

Conheça o deputado que irá presidir a Câmara dos Deputados com a viagem de Michel Temer à China: André Fufuca (PP-MA) tem 28 anos, é formado em Medicina e é filho de político; deputado estadual pelo PSDB entre 2011 e 2015 e foi eleito deputado federal pelo nanico PEN; hoje faz parte do PP, um dos partidos do "centrão"; ligado ao ex-deputado Eduardo Cunha, foi a favor do impeachment de Dilma e contra o prosseguimento da investigação contra Temer
Conheça o deputado que irá presidir a Câmara dos Deputados com a viagem de Michel Temer à China: André Fufuca (PP-MA) tem 28 anos, é formado em Medicina e é filho de político; deputado estadual pelo PSDB entre 2011 e 2015 e foi eleito deputado federal pelo nanico PEN; hoje faz parte do PP, um dos partidos do "centrão"; ligado ao ex-deputado Eduardo Cunha, foi a favor do impeachment de Dilma e contra o prosseguimento da investigação contra Temer (Foto: Charles Nisz)

247 - O deputado André Fufuca (PP-MA) deverá assumir interinamente a Presidência da Câmara nesta-terça-feira (29). Será a primeira vez que Fufuca comandará a Câmara. Com a viagem de Michel Temer à China, Maia assume a presidência. Como o 1º vice-presidente, Fábio Ramalho (PMDB-MG) estará na equipe que acompanha Temer ao país asiático, o parlamentar maranhense comandará a Casa. 

Formado em medicina, o deputado completou 28 anos nesse domingo (27). Até hoje, Fufuca só comandou sessões inexpressivas. Esteve oficialmente à frente da Câmara durante uma semana no recesso de julho, quando os trabalhos são interrompidos. Nesta semana, a missão será mais dura, com votações mais importantes: o projeto de reforma política que cria a cláusula de barreira e proíbe coligações e outro, que cria fundo partidário público e altera o sistema eleitoral dos deputados - o polêmico "distritão".

Há urgência nos dois projetos. Para que essas novas regras possam ser aplicadas já no pleito de 2018, elas precisam ser aprovadas até a primeira semana de outubro. Além disso, outra denúncia contra Michel Temer pode chegar ao plenário na gestão Fufuca. O feriado de 7 de setembro deve atrapalhar o ritmo dos trabalhos.

André Fufuca foi deputado estadual pelo PSDB no Maranhão de 2011 a fevereiro de 2015. Seu pai, atual prefeito de Alto Alegre de Pindaré, é apelidado de “Fufuca”; aassim, André ganhou o diminutivo “Fufuquinha”. Eleito pelo PEN, hoje é de um partido do centrão, o PP. Votou a favor da admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff, mas votou contra o prosseguimento da denúncia de Michel Temer. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247