Convocação de Mantega? Só após a próxima semana

"Como eu estou indo para São Paulo, onde vou passar a próxima semana fazendo exames médicos de rotina, quando eu voltar, naturalmente, vamos verificar o que tem para despachar", disse o presidente do Senado, José Sarney, ao comentar o requerimento apresentado pela oposição para que o ministro da Fazenda explique ao Congresso "manobras contábeis"

Convocação de Mantega? Só após a próxima semana
Convocação de Mantega? Só após a próxima semana (Foto: Waldemir Barreto)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Senado - Em visita nesta quinta-feira (10) à Biblioteca do Senado, o presidente José Sarney afirmou que ainda não teve tempo de despachar o requerimento em que partidos de oposição pedem a convocação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, e da ministra da Casa Civil, Miriam Belchior, para que expliquem as medidas utilizadas pelo governo para aumentar o superávit primário de 2012.

O requerimento foi apresentado no dia 8 pelo deputado Carlos Sampaio (PDB-SP), que, em fevereiro, assume a liderança de seu partido na Câmara. Na opinião de Carlos Sampaio, o governo promoveu "manobras contábeis" para aumentar suas receitas – e, portanto, o superávit. Para ele, a audiência com os ministros poderia acontecer ainda durante o recesso.

Indagado por jornalistas se vai deferir esse pedido, Sarney disse que está em vias de viajar para São Paulo, mas que entende que, em casos assim, o Regimento Interno do Senado determina que os convocados tenham 30 dias para comparecer ao Senado.

- Eu acho que no caso de convocação de ministros e autoridades, uma vez convocadas, eles têm 30 dias para comparecer. São eles quem marcam a data, os convocados, quando podem comparecer, acordados com a comissão. Seria o caso de consultá-lo para ver se ele está disposto a vir nesse período porque ele tem direito de comparecer em até 30 dias.

Acompanhado da secretária-geral da Mesa do Senado, Claudia Lyra, Sarney visitou a exposição Modernidade no Senado, que exibe informações sobre iniciativas e avanços tecnológicos destinados a dar mais transparência à instituição e a aproximá-la do público. Sarney explicou por que não viu ainda o requerimento de convocação de Mantega e Miriam Belchior.

- Olha, praticamente eu cheguei ontem. Eu estou vindo aqui para visitar a exposição antes que ela se encerre. E como eu estou indo para São Paulo, onde vou passar a próxima semana fazendo exames médicos de rotina, quando eu voltar, naturalmente, vamos verificar o que tem para despachar.

Modernização

Sobre a exposição, ele disse que ali estão exibidos os caminhos percorridos pelo Senado até a era da internet.

- Nós saímos da idade da pedra e estamos na idade da informática. A Casa está totalmente informatizada e, ao mesmo tempo, com grande transparência. Acho que não há uma repartição pública no Brasil que tenha um portal de transparência igual ao nosso, no qual se pode acessar todos os dados e fazer pesquisa em todos os setores. O que acontece muitas vezes é que as pessoas não estão ainda devidamente treinadas e não sabem os instrumentos que estão à sua disposição para buscar as informações que estão dentro do Senado.

Sarney também disse que, nessa exposição, é possível ver como eram feitas manualmente as anotações de projetos e como são hoje digitalizadas.

- Ao mesmo tempo, os senadores tem acesso por um tablet a tudo que se passa aqui dentro do Senado e podem se preparar para discutir os projetos com maior profundidade, uma vez que há um planejamento de inclusão de pauta. E tudo isso pode se ver aqui nessa exposição, que sucintamente, conseguiu focar aquilo que desejávamos mostrar, o avanço que o Senado fez no caminho da modernidade.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email