CPI na Câmara: oposição diz já ter as 171 assinaturas

Líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, garante que oposição já tem mais do que o número suficiente de assinaturas para instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras; "Na terça-feira, vamos nos reunir com o PPS, DEM e SDD para mudarmos o texto [da proposta da comissão] e deixar igual ao do Senado para não ter problemas de questionamento"; segundo o tucano, o PT não conseguirá fazer com que parlamentares da base aliada retirem assinaturas; "O PT comete grave erro ao julgar que manda no Congresso. Aliás, esse é o cacoete do Planalto, de uma atitude arrogante que quer transferir para o Congresso. Não vai prosperar", disse  

www.brasil247.com - Líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, garante que oposição já tem mais do que o número suficiente de assinaturas para instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras; "Na terça-feira, vamos nos reunir com o PPS, DEM e SDD para mudarmos o texto [da proposta da comissão] e deixar igual ao do Senado para não ter problemas de questionamento"; segundo o tucano, o PT não conseguirá fazer com que parlamentares da base aliada retirem assinaturas; "O PT comete grave erro ao julgar que manda no Congresso. Aliás, esse é o cacoete do Planalto, de uma atitude arrogante que quer transferir para o Congresso. Não vai prosperar", disse
 
Líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, garante que oposição já tem mais do que o número suficiente de assinaturas para instalação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras; "Na terça-feira, vamos nos reunir com o PPS, DEM e SDD para mudarmos o texto [da proposta da comissão] e deixar igual ao do Senado para não ter problemas de questionamento"; segundo o tucano, o PT não conseguirá fazer com que parlamentares da base aliada retirem assinaturas; "O PT comete grave erro ao julgar que manda no Congresso. Aliás, esse é o cacoete do Planalto, de uma atitude arrogante que quer transferir para o Congresso. Não vai prosperar", disse   (Foto: Valter Lima)


247 - O deputado federal Antônio Imbassahy, líder do PSDB na Câmara, diz já possuir o número de assinaturas suficientes para instalar a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras. Ele é autor de dezenas de requerimento sobre a Petrobras desde 2012. Na terça-feira (1º), PPS, DEM, SDD e PSDB se reúnem para revisarem o texto da Câmara e deixarem igual ao do Senado e também para a articulação da implantação da comissão. 

"Já temos o número suficiente para a CPMI, que é uma proposta conjunta do deputado Rubens Bueno (PR), líder do PPS. Temos mais do que as 171 assinaturas que são necessárias. Mas ela tem um texto diferente da que foi assinada no Senado. Na terça-feira, vamos nos reunir com o PPS, DEM e SDD para mudarmos o texto e deixar igual ao do Senado para não ter problemas de questionamento", afirmou Imbassahy, em entrevista ao blog Poder Online, do portal IG (leia aqui). 

Segundo o tucano, o PT já está fazendo pressão para que parlamentares da base aliada retirem assinaturas, mas ele avalia que o partido não terá êxito. "É desmoralizador para qualquer parlamentar. Os senadores que foram abordados já declararam que não vão retirar. E no Senado tem folga, precisava de 27 assinaturas, foram 29. O PT comete grave erro ao julgar que manda no Congresso. Aliás, esse é o cacoete do Planalto, de uma atitude arrogante que quer transferir para o Congresso. Não vai prosperar", afirmou.

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247