Crise entre Alckmin e Doria chega ao ponto mais alto

Relação entre os tucanos ficou azeda após o prefeito da capital paulista começar a fazer viagens pelo País, sinalizando a vontade de ser candidato à presidência da República, vaga que já estaria reservada para o governador; o estresse na relação chegou ao ponto mais alto nos últimos dias, depois que Geraldo Alckmin interditou uma usina de asfalto da prefeitura sem qualquer negociação, relata a jornalista Cristiana Lôbo

Relação entre os tucanos ficou azeda após o prefeito da capital paulista começar a fazer viagens pelo País, sinalizando a vontade de ser candidato à presidência da República, vaga que já estaria reservada para o governador; o estresse na relação chegou ao ponto mais alto nos últimos dias, depois que Geraldo Alckmin interditou uma usina de asfalto da prefeitura sem qualquer negociação, relata a jornalista Cristiana Lôbo
Relação entre os tucanos ficou azeda após o prefeito da capital paulista começar a fazer viagens pelo País, sinalizando a vontade de ser candidato à presidência da República, vaga que já estaria reservada para o governador; o estresse na relação chegou ao ponto mais alto nos últimos dias, depois que Geraldo Alckmin interditou uma usina de asfalto da prefeitura sem qualquer negociação, relata a jornalista Cristiana Lôbo (Foto: Leonardo Lucena)

247 - Há mais de um ano o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, celebrava a eleição do correligionário João Doria para prefeito de São Paulo, mas a relação entre os tucanos ficou azeda após o chefe do executivo municipal fazer viagens pelo País, sinalizando a vontade de ser candidato à presidência da República.

O estresse na relação entre eles chegou ao ponto mais alto nos últimos dias, depois que o executivo estadual interditou uma usina de asfalto da prefeitura sem qualquer negociação. Doria viu prejudicada sua ação de tapa-buracos neste período de chuvas.

No encontro nacional, em Brasília, o prefeito pressionou para que fosse marcada para março a data das prévias em São Paulo para a escolha do candidato a governador. Alckmin chegou a dizer que não seria "encurralado" por ninguém.

Alckmin, de olho no Palácio do Planalto, preside nacionalmente o PSDB e tem na legenda a sua candidatura assegurada. Mas o temor dele é que, se não aumentar suas intenções de votos, Doria comece a se movimentar novamente rumo à presidência da República.

Leia a íntegra no Blog da Cristiana Lôbo

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247