Datafolha confirma Sensus e aponta segundo turno

Ele seria disputado entre a presidente Dilma Rousseff, do PT, que recuou de 38% para 37%, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi de 16% a 20%; Eduardo Campos, do PSB, subiu de 10% a 11%, enquanto Pastor Everaldo (PSC) teve 3% e Eduardo Jorge (PV), José Maria (PSTU), Denise Abreu (PTN) e Randolfe Rodrigues (Psol) conseguiram, cada um, 1%; assim, os votos da oposição somariam 38% contra 37% do governo; resultado torna disputa mais emocionante

Ele seria disputado entre a presidente Dilma Rousseff, do PT, que recuou de 38% para 37%, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi de 16% a 20%; Eduardo Campos, do PSB, subiu de 10% a 11%, enquanto Pastor Everaldo (PSC) teve 3% e Eduardo Jorge (PV), José Maria (PSTU), Denise Abreu (PTN) e Randolfe Rodrigues (Psol) conseguiram, cada um, 1%; assim, os votos da oposição somariam 38% contra 37% do governo; resultado torna disputa mais emocionante
Ele seria disputado entre a presidente Dilma Rousseff, do PT, que recuou de 38% para 37%, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que foi de 16% a 20%; Eduardo Campos, do PSB, subiu de 10% a 11%, enquanto Pastor Everaldo (PSC) teve 3% e Eduardo Jorge (PV), José Maria (PSTU), Denise Abreu (PTN) e Randolfe Rodrigues (Psol) conseguiram, cada um, 1%; assim, os votos da oposição somariam 38% contra 37% do governo; resultado torna disputa mais emocionante (Foto: Ana Pupulin)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A nova pesquisa Datafolha, divulgada nesta sexta-feira, confirma os resultados do levantamento Istoé/Sensus, da semana passada, e indica a tendência de segundo turno nas eleições presidenciais.

Eis os resultados:

                                         2 e 3 de abril                          7 e 8 de maio


Dilma Rousseff                        38%                                37%

Aécio Neves                            16%                                20%

Eduardo Campos                     10%                                11%

Pastor Everaldo                        2%                                  3%

Eduardo Jorge                          1%                                 1%

José Maria                               1%                                 1%

Denise Abreu                           1%                                 1%

Randolfe Rodrigues                   0%                                 1%


Governo versus oposição em 2 e 3 de abril: 38% a 31%

Governo versus oposição em 7 e 8 de maio: 37% a 38% 

Os resultados do Datafolha são fruto de entrevistas com 2.844 eleitores, em 174 municípios.

De acordo com o instituto, Dilma segue uma curva de gueda gradual, enquanto seus adversários estão em ascensão.

Outro fator negativo para a presidente foram os índices de rejeição. No levantamento do Datafolha, 35% não votariam nela, contra 33% em Campos, 31% em Aécio e apenas 17% em Lula, que tem a menor rejeição.

Nas simulações de segundo turno, no entanto, Dilma superaria seus adversários. Ela venceria Aécio Neves por 47% a 36% e Eduardo Campos por 49% a 32%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247