Delcídio é ouvido pela PF em Brasília

Senador Delcídio do Amaral (PT-MS) começou a ser ouvido por volta das 15h desta quinta-feira (26) pela Procuradoria-Geral da República e pela Polícia Federal do Distrito Federal; ele está preso em uma sala administrativa da PF em Brasília

Senador Delcídio do Amaral (PT-MS) começou a ser ouvido por volta das 15h desta quinta-feira (26) pela Procuradoria-Geral da República e pela Polícia Federal do Distrito Federal; ele está preso em uma sala administrativa da PF em Brasília
Senador Delcídio do Amaral (PT-MS) começou a ser ouvido por volta das 15h desta quinta-feira (26) pela Procuradoria-Geral da República e pela Polícia Federal do Distrito Federal; ele está preso em uma sala administrativa da PF em Brasília (Foto: Leonardo Lucena)

247 - O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) começou a ser ouvido por volta das 15h desta quinta-feira (26) pela Procuradoria-Geral da República e pela Polícia Federal do Distrito Federal. Ele está presos em uma sala administrativa da PF. De acordo com a legislação, o parlamentar tem direito a ficar em uma sala especial.

O congressista é suspeito de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Ele foi acusado pelo ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró de participar de um esquema de desvio de recursos envolvendo a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Delcídio também foi mencionado em delação de Fernando Baiano.

De acordo com as investigações, ele teria tentado dificultar a delação de Cerveró. Também foram realizadas buscas e apreensões no seu gabinete, no Congresso Nacional. 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247