Delfim: Lula é mais forte preso do que solto

"O grupo que hoje apoia Lula, aqueles cujo estômago está sentindo saudade do seu governo, vai votar induzido por ele. Não sei quem ele vai apoiar, mas é uma ilusão imaginar que Lula desapareceu", diz o ex-ministro Delfim Netto, que também foi alvo da Lava Jato e se diz injustiçado

Data: 14/12/2011       
Editoria: Cultura
Reporter: Robinson Borges
Local: Roma Ristorante e Rotisserie, Higienopolis, Sao Paulo, SP
Pauta: Entrevista de Claudia Safatle com o economista Antonio Delfim Netto, para secao A Mesa com o Valor, no Roma Ris
Data: 14/12/2011 Editoria: Cultura Reporter: Robinson Borges Local: Roma Ristorante e Rotisserie, Higienopolis, Sao Paulo, SP Pauta: Entrevista de Claudia Safatle com o economista Antonio Delfim Netto, para secao A Mesa com o Valor, no Roma Ris (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-ministro Delfim Netto avalia que o ex-presidente Lula será um ator decisivo na sucessão presidencial. "Lula terá importância na eleição presidencial. Ele é mais forte preso do que solto. O grupo que hoje apoia Lula, aqueles cujo estômago está sentindo saudade do seu governo, vai votar induzido por ele. Não sei quem ele vai apoiar, mas é uma ilusão imaginar que Lula desapareceu", disse ele, em entrevista ao jornalista Ricardo Balthazar.

Alvo da Lava Jato, ele diz ter sido injustiçado. "Recebi honorários por serviços prestados", diz ele, que afirma ter recebido R$ 3 milhões para montar um consórcio para disputar Belo Monte, um quinto do valor apontado por delatores. "Tenho convicção de que a Justiça reconhecerá isso no fim. No início da disputa, só havia um grupo disposto a concorrer, e o cartel das grandes empreiteiras se uniu em torno dele. Se não surgisse outro competidor, esse consórcio venceria o leilão, pelo preço máximo."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247