Depois de sucesso da viagem na Europa, Lula deve ir aos EUA e encontrar Obama

Contatos se intensificaram após a agenda de estadista do ex-presidente na Europa. Há possibilidade, inclusive, de uma reedição do encontro de 2009 com o então presidente dos EUA, Barack Obama

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247, com Revista Fórum - Após o sucesso de sua viagem pela Europa, onde encontrou chefes de Estado e lideranças progressistas, o ex-presidente Lula vem sendo sondado e já cogita estender o giro para os Estados Unidos no início de 2022, quando o debate eleitoral vai esquentar ainda mais. A informação foi confirmada pelo deputado Alexandre Padilha (PT-SP), ex-ministro da Saúde do governo do petista.

Há possibilidade, inclusive, de uma reedição do encontro de 2009 com o então presidente dos EUA, Barack Obama, que à época classificou o líder brasileiro como “o cara”.

Os convites ainda não foram oficializados, mas os contatos se intensificaram após a agenda de estadista de Lula na Europa.

PUBLICIDADE

Os discursos de Lula, que direcionaram temas para o enfrentamento na guerra de narrativas contra a ultradireita capitaneada por Donald Trump, que se estendeu para o mundo – inclusive com a eleição de Jair Bolsonaro no Brasil -, chamaram a atenção de lideranças democratas dos EUA.

Leia a íntegra na Revista Fórum.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email