Desfile da Gaviões enterra aliança Haddad-Kassab

Como o enredo PT-PSD era ruim, no houve evoluo nem harmonia; na segunda noite de desfiles, candidatopetista evitou encontrar o prefeito, selando o fim de uma parceria eleitoral sonhada por Lula, que no foi ao Sambdromo

Desfile da Gaviões enterra aliança Haddad-Kassab
Desfile da Gaviões enterra aliança Haddad-Kassab (Foto: JOSÉ PATRÍCIO/Agência Estado)

247 – Intelectual orgânico do proletariado, o socialista Fernando Haddad nunca foi muito chegado a um desfile de escola de samba. Nesta madrugada, no entanto, ele compareceu ao sambódromo para prestigiar o desfile da Gaviões da Fiel, ligada ao Corinthians, que prestou homenagem a seu padrinho político, o ex-presidente Lula. Sem muito samba no pé, Haddad evitou um possível encontro com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que antes dos desfiles na capital paulista, mostrou fôlego de folião e participou do cortejo do Galo da Madrugada, no Recife.

Haddad deixou o camarote da família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por volta das 6 horas, logo após o fim do desfile da Gaviões da Fiel. Acompanhado da mulher, Ana Estela, e da filha, Carol, ele negou que tenha evitado o encontro com o prefeito Kassab. "Eu vim direto para o camarote", justificou. Perguntado se no próximo carnaval viria ao sambódromo do Anhembi como prefeito, o petista desconversou. "Tem muito chão pela frente".

Haddad foi convidado para acompanhar os desfiles do camarote da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, mas preferiu encontrar a família de Lula no camarote VPS 10, do lado oposto do sambódromo. O pré-candidato ficou longe não só do camarote da Liga, como do camarote oficial da Prefeitura, onde estava Kassab. Haddad chegou por volta da meia-noite no sambódromo. Cinquenta minutos depois, Kassab deixou o camarote oficial. Dias atrás, ele afirmou que sua lealdade a José Serra, que deverá ser o candidato do PSDB, é “incondicional”.

Emoção de Lula

Padrinho de uma aliança combatida pela militância petista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou bastante emocionado com o desfile da Gaviões da Fiel, cujo enredo do carnaval deste ano o homenageou. A assessoria de imprensa do Instituo Lula informou que, após o desfile, o petista telefonou para a ex-primeira dama Dona Marisa Letícia e pediu para que ela agradecesse a direção da Gaviões pela homenagem.

Na ligação ele teria confessado que ficou bastante emocionado. Lula assistiu ao desfile pela televisão, de sua residência, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

Por recomendação médica o Lula não participou do desfile, pois se recupera do tratamento de radioterapia a que foi submetido por conta de um câncer na laringe.

Antes do desfile, Dona Marisa disse que assim que a voz do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se restabelecer ele poderá voltar às articulações políticas. O petista, que encerrou nesta semana o tratamento de radioterapia para combater um câncer na laringe, apresentou rouquidão nas últimas semanas, efeito colateral do tratamento.

Ela disse ainda que se o ex-presidente apresentar melhora nos próximos dias ele poderá desfilar no Desfile das Campeãs caso a Gaviões da Fiel fique entre as primeiras no carnaval de São Paulo. "Assim que ele voltar a falar normalmente ele pode voltar a trabalhar", disse antes do desfile da Gaviões, que homenageará o ex-presidente Lula.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247