Dias ao 247: "PSDB vive hora de constrangimento"

Líder dos tucanos no Senado aponta como "estratégia inadequada, um processo equivocado" o açodamento na definição de um candidato do partido a presidente; ele gostaria da realização de prévias; "Mas fazer primárias, agora, seria apenas uma encenação", disse ao 247; ameaça de saída de Serra em razão do avanço de Aécio Neves, para Álvaro Dias, "tem conserto": é uma composição na direção partidária

Dias ao 247: "PSDB vive hora de constrangimento"
Dias ao 247: "PSDB vive hora de constrangimento"
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Juliane Sacerdote_Brasília 247 – O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) recebeu com ressalvas a notícia de uma possível baixa no partido. Para o líder tucano no Senado Federal, as negociações de José Serra com o PPS de Roberto Freire colocam a sigla em posição de "desconforto" e "constrangimento".

Ao Brasil 247, o parlamentar explicou que a situação atual do PSDB, de "agitação interna", é resultado de um "processo equivocado" e de uma "estratégia inadequada", quando foi antecipada a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG) à presidência da república nas eleições de 2014.

"Não tenho nada contra o nome de Aécio ou de nenhum outro. Só acho que o processo foi equivocado, imprudente. Inverteram as prioridades. Perdemos o 'timminge' da escolha. Deveríamos ter feito as primárias. Mas, se isso ocorrer agora, vai ser encenação", disparou o senador Alvaro Dias à reportagem.

Para o parlamentar, era preciso ter feito uma escolha "prévia", que "estimulasse a militância". "A escolha em primárias serve como aglutinador de forças, de motivação partidária, e de estimulação de uma filiação em massa", destaca. Mas Alvaro Dias enfatiza que "isso tudo tem conserto", ao lembrar que o partido ainda pode encontrar seu caminho a partir de fevereiro, quando for escolhido um novo presidente nacional para a legenda.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email