Dilma e Aécio farão guerra de vida ou morte

"Ninguém tem condições de recuar ou promover um arreglo, definindo quem vive e quem morre. O objetivo de todos é o mesmo: sobreviver e reconstruir suas forças com o que sobrar", diz o colunista Ilimar Franco, do jornal O Globo

"Ninguém tem condições de recuar ou promover um arreglo, definindo quem vive e quem morre. O objetivo de todos é o mesmo: sobreviver e reconstruir suas forças com o que sobrar", diz o colunista Ilimar Franco, do jornal O Globo
"Ninguém tem condições de recuar ou promover um arreglo, definindo quem vive e quem morre. O objetivo de todos é o mesmo: sobreviver e reconstruir suas forças com o que sobrar", diz o colunista Ilimar Franco, do jornal O Globo (Foto: Leonardo Attuch)

247 - O colunista Ilimar Franco, do Panorama Político, do Globo, fez uma importante análise sobre os desdobramentos da Operação Lava Jato, no campo político.

Segundo ele, a presidente Dilma Rousseff e o senador Aécio Neves irão travar uma batalha de vida ou morte nas próximas semanas.

"A presidente Dilma (e Lula) vai dobrar as fichas a cada aposta que o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, fizer. Será radical o embate em torno do escândalo da Petrobras. Políticos não sabem onde a investigação vai parar. Mas ninguém tem condições de recuar ou promover um arreglo, definindo quem vive e quem morre. O objetivo de todos é o mesmo: sobreviver e reconstruir suas forças com o que sobrar", afirma.

Segundo Ilimar, tucanos gostariam de restringir o caso a PT, PP e PMDB, mas petistas apostam que tucanos também cairão na rede. Até porque, com as "empreiteiras no centro", a crise "ganhou asas". Como todos sabem, as mesmas empreiteiras que financiam a coalizão governista também doaram caminhões de dinheiro à oposição.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247