Dilma sobre Mantega: "governo novo, equipe nova"

Presidente Dilma Rousseff (PT) sinalizou nesta quinta (4) a saída do ministro Guido Mantega (Fazenda) em caso de reeleição; em entrevista em Fortaleza, ela foi questionada especificamente sobre o futuro do titular da Fazenda caso vença as eleições; "Eleição nova, governo novo, equipe nova", disse; "Quero dizer o seguinte. Só faço uma coisa. Não nomeio ministro em segundo mandato. Eu não fui eleita. Como é que eu saio por aí nomeando ministro?", afirmou

Presidente Dilma Rousseff (PT) sinalizou nesta quinta (4) a saída do ministro Guido Mantega (Fazenda) em caso de reeleição; em entrevista em Fortaleza, ela foi questionada especificamente sobre o futuro do titular da Fazenda caso vença as eleições; "Eleição nova, governo novo, equipe nova", disse; "Quero dizer o seguinte. Só faço uma coisa. Não nomeio ministro em segundo mandato. Eu não fui eleita. Como é que eu saio por aí nomeando ministro?", afirmou
Presidente Dilma Rousseff (PT) sinalizou nesta quinta (4) a saída do ministro Guido Mantega (Fazenda) em caso de reeleição; em entrevista em Fortaleza, ela foi questionada especificamente sobre o futuro do titular da Fazenda caso vença as eleições; "Eleição nova, governo novo, equipe nova", disse; "Quero dizer o seguinte. Só faço uma coisa. Não nomeio ministro em segundo mandato. Eu não fui eleita. Como é que eu saio por aí nomeando ministro?", afirmou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A presidente Dilma Rousseff (PT) sinalizou nesta quinta-feira (4) a saída do ministro Guido Mantega (Fazenda) em caso de reeleição. Em entrevista em Fortaleza, ela foi questionada especificamente sobre o futuro do titular da Fazenda caso vença as eleições. "Eleição nova, governo novo, equipe nova", disse.

"Quero dizer o seguinte. Só faço uma coisa. Não nomeio ministro em segundo mandato. Eu não fui eleita. Como é que eu saio por aí nomeando ministro? Não sei se vocês lembram quando sentaram na cadeira antes da eleição", completou a presidente, numa referência a Fernando Henrique Cardoso, que sentou na cadeira de prefeito de São Paulo às vésperas das eleições de 1985 e acabou derrotado em seguida por Jânio Quadros.

Dilma ainda seguiu no tema: "Eu não falo isso [nomes da equipe] sabe por que? Por que dá azar. Falar de uma coisa que ainda não ocorreu. Mas é governo novo, equipe nova. Não tenha dúvida disso".

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247