Dilma: vitória de Fernández é luz no fim do túnel para a América Latina

"A vitória da chapa Alberto Fernández-Cristina Kirchner nas prévias presidenciais é uma luz no fim do túnel para o povo argentino e para a América Latina e um enorme alento para todos que lutamos pela democracia. Triunfo animador das forças progressistas sobre o neoliberalismo", afirmou a presidente deposta pelo golpe de 2016, Dilma Rousseff

247 - A presidente deposta pelo golpe de 2016, Dilma Rousseff, alertou para a importância da vitória da chapa Alberto Fernández-Cristina Kirchner na eleição primária argentina para o continente latino-americano.

"A vitória da chapa Alberto Fernández-Cristina Kirchner nas prévias presidenciais é uma luz no fim do túnel para o povo argentino e para a América Latina e um enorme alento para todos que lutamos pela democracia. Triunfo animador das forças progressistas sobre o neoliberalismo", escreveu DIlma no Twitter.

De acordo com as estatísticas, a chapa progressista estava com cerca de 47% da votação (cerca de 90% das urnas apuradas) e o grupo conservador de direita liderado pelo presidente argentino, Mauricio Macri tinha 32%. O primeiro turno das eleições gerais está marcado para 27 de outubro.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247