Dino diz que viu e ouviu estímulo ao fascismo nos atos pró-Moro

Eu vejo, eu ouço. Agressões contra o Congresso Nacional e o Supremo, pedidos de “intervenção militar”, tentativas de desqualificar a liberdade de imprensa, defesa de ilegalidades absurdas e abjetas, brigas fascistas. É só uma questão de abrir bem os ouvidos para ouvir certinho, apontou o governador do Maranhão

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O caráter fascista das manifestações em favor do ex-juiz Sergio Moro, que é acusado de fraudar um processo judicial para prender o ex-presidente Lula, foi destacado pelo  governador do Maranhão, também juiz de direito. "Eu vejo, eu ouço. Agressões contra o Congresso Nacional e o Supremo, pedidos de “intervenção militar”, tentativas de desqualificar a liberdade de imprensa, defesa de ilegalidades absurdas e abjetas, brigas fascistas. É só uma questão de abrir bem os ouvidos para ouvir certinho", disse ele.

Seu tweet foi uma resposta a uma manifestação de Moro. Confira:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247