Diretório do PSDB no Jabaquara declara apoio a Chalita

Não bastasse, há quem diga que apoio oficial desse diretório tucano ao candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo "não será o primeiro nem o último"; será o bastante para incomodar José Serra?

Diretório do PSDB no Jabaquara declara apoio a Chalita
Diretório do PSDB no Jabaquara declara apoio a Chalita (Foto: AdrianoVizoni/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A forma como o ex-governador José Serra se tornou o candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo parece ter deixado sequelas entre os tucanos. Serra foi escolhido por meio de prévias, mas entrou na disputa com o deputado Ricardo Tripoli e o secretário municipal de Energia, José Aníbal, depois do prazo combinado. O processo parece não ter despertado a união que se esperava e o diretório tucano do Jabaquara, na Zona Sul da capital paulista, anunciou que ficará ao lado do candidato do PMDB, Gabriel Chalita.

Milton Kamiya, presidente do diretório zonal do PSDB, e o vice-presidente, Romualdo dos Santos Moraes, receberam Chalita em um buffet no Jabaquara para anunciar a adesão à candidatura do peemedebista, informa o Terra Magazine. E, segundo interlocutores de Chalita, o apoio oficial de um diretório do PSDB ao peemedebista "não será o primeiro nem o último".

Eleito vereador (como o mais votado do Brasil) em São Paulo pelo PSDB em 2008, Chalita ainda dialoga com setores tucanos, além de ser amigo próximo do governador Geraldo Alckmin. Ele estaria se empenhando pessoalmente em conquistar apoiadores de Serra. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email