E o MST acabou no bordel...

Movimento dos Sem Terra condenado a pagar multa a dono do Bahamas, Oscar Maroni

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra pagarão caro por se meter com Oscar Maroni, dono do Bahamas. A boate de São Paulo foi fechada pela Prefeitura em 2007. Eles devem pagar uma multa de R$ 140 mil ao empresário por invadir a fazenda Santa Cecília em setembro de 2009, de sua propriedade.

No dia 21 de setembro do ano passado, o juiz determinou que o MST desocupasse a fazenda Santa Cecília em 24 horas, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 5.000. O grupo descumpriu a medida e permaneceu por mais 28 dias no local.

Na época, os manifestantes informaram ter invadido as terras porque elas eram improdutivas, mas de acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo, diversas atividades são realizadas na propriedade. A fazenda com 1.680 hectares pertence a Oscar Maroni desde 1997. A assessoria de imprensa do MST afirmou que essa ocupação não foi organizada por militantes do grupo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247