E o MST acabou no bordel...

Movimento dos Sem Terra condenado a pagar multa a dono do Bahamas, Oscar Maroni

Siga o Brasil 247 no Google News

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra pagarão caro por se meter com Oscar Maroni, dono do Bahamas. A boate de São Paulo foi fechada pela Prefeitura em 2007. Eles devem pagar uma multa de R$ 140 mil ao empresário por invadir a fazenda Santa Cecília em setembro de 2009, de sua propriedade.

No dia 21 de setembro do ano passado, o juiz determinou que o MST desocupasse a fazenda Santa Cecília em 24 horas, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 5.000. O grupo descumpriu a medida e permaneceu por mais 28 dias no local.

Na época, os manifestantes informaram ter invadido as terras porque elas eram improdutivas, mas de acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo, diversas atividades são realizadas na propriedade. A fazenda com 1.680 hectares pertence a Oscar Maroni desde 1997. A assessoria de imprensa do MST afirmou que essa ocupação não foi organizada por militantes do grupo.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email