Estudantes apupam Dilma e Lula em S. Bernardo

Com roupas pretas, alunos em greve da Universidade Federal do ABC protestam do lado de fora de cerimônia de inauguração de UPA em São Bernardo do Campo; paralisação nacional de servidores públicos ainda sem solução à vista

Estudantes apupam Dilma e Lula em S. Bernardo
Estudantes apupam Dilma e Lula em S. Bernardo (Foto: Jorge Araújo/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Dezenas de estudantes da Universidade Federal do ABC e servidores federais da região de São Bernardo do Campo realizaram manifestação na tarde desta quinta-feira 5 diante da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) à saúde que estava sendo inaugurada pela presidente Dilma Rousseff. Ela se manteve todo o tempo ao lado o ex-presidente Lula. Proporcionalmente, a cidade que é o berço político do ex-presidente é o município que mais recebe verbas federais entre todos os do País. Com roupas pretas, os manifestantes exibiam cartazes com críticas à presidente. "Dilma, a culpa é sua. A minha aula é na rua", registrava uma faixa.  "Dilma queremos negociação" e  "Pronto Atendimento para a Educação" era o que mostravam outros cartazes. A presidente não comentou a manifestação.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247