"Eu tinha muito orgulho de ganhar a eleição de dentro da cadeia"

"É importante lembrar que eu cresci 16 pontos aqui dentro. Sem poder falar", disse Lula, que teria vencido as eleições presidenciais no primeiro turno se não tivesse sido barrado pelo ministro Luis Roberto Barroso, do TSE, após sua condenação sem provas e em tempo recorde, feita exatamente para impedi-lo

"Eu tinha muito orgulho de ganhar a eleição de dentro da cadeia"
"Eu tinha muito orgulho de ganhar a eleição de dentro da cadeia" (Foto: TSE//Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-presidente também admitiu que gostaria de ter disputado e vencido as eleições de dentro da cadeia. "Vamos só relativizar tudo isso. Uma das condições que fez com que eu viesse para cá era porque não havia nenhum advogado naquele instante que não garantisse que eu disputaria as eleições sub-judice. Mesmo condenado, eu poderia concorrer. E eu estava com um orgulho muito grande de ganhar as eleições de dentro da cadeia. É importante lembrar que eu cresci 16 pontos aqui dentro. Sem poder falar", disse ele aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior e Mônica Bergamo.

"Aí quando o ministro Luís Roberto Barroso fez aquela loucura, eu tive que assinar uma carta dizendo para o Fernando Haddad ser candidato. Ali eu senti que nós estaríamos correndo risco. A transferência de votos não é simples, automática. Leva tempo", pontuou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247