Fachin separa inquérito de Temer do de Aécio

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, decidiu dividir a investigação contra Michel Temer e sobre o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) do inquérito que também investiga o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) no âmbito das revelações da JBS; Fachin atendeu pedido da defesa de Temer, que é investigado por corrupção, organização criminosa e obstrução da Justiça

temer aecio
temer aecio (Foto: Aquiles Lins)

247 - O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, dividiu a investigação sobre o presidente Michel Temer e sobre o deputado federal afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) do inquérito que também investiga o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fachin atendeu a um pedido da defesa de Michel Temer, que é investigado por corrupção, organização criminosa e obstrução da Justiça no âmbito das delações da JBS. 

"Acho que não há conexão fática e nem probatória" entre as condutas imputadas a Temer e ao esquema na estatal, disse o advogado Antonio Mariz quando fez o pedido no último dia 23 (leia mais).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247