Gilmar e tucanos são alvos de protesto em Portugal

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes foi recebido com vaias e gritos de "golpista" em sua chegada à Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde acontece um seminário organizado por ele; o evento reúne diversas lideranças tucanas, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de diversos nomes citados na Lava Jato, como o ministro Bruno Araújo (Cidades)

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes foi recebido com vaias e gritos de "golpista" em sua chegada à Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde acontece um seminário organizado por ele; o evento reúne diversas lideranças tucanas, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de diversos nomes citados na Lava Jato, como o ministro Bruno Araújo (Cidades)
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes foi recebido com vaias e gritos de "golpista" em sua chegada à Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde acontece um seminário organizado por ele; o evento reúne diversas lideranças tucanas, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de diversos nomes citados na Lava Jato, como o ministro Bruno Araújo (Cidades) (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, e lideranças tucanas foram alvo de protestos nesta manhã em Lisboa.

O grupo foi recebido com vaias, cartazes e gritos de "golpistas" na entrada da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde acontece o Seminário Luso-Brasileiro de Direito, organizado pelo IDP, que tem Gilmar Mendes como um dos sócios.

Entre os palestrantes convidados, há uma longa lista de delatados pela Odebrecht, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) e o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247