Internautas cobram PCdoB e PT por voto a favor do perdão de dívidas das igrejas

Bancada do PCdoB votou na íntegra a favor do projeto que perdoa cerca de R$ 1 bilhão em dívidas de igrejas e está sendo cobrada a se explicar nas redes sociais

Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle Bolsonaro,  durante Culto de Ação de Graças de Final de Ano
Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle Bolsonaro, durante Culto de Ação de Graças de Final de Ano (Foto: Carolina Antunes/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Internautas estão cobrando deputados federais do PCdoB pelo voto, dado no dia 15 de julho na Câmara, a favor do projeto de lei 1581/2020, que perdoa cerca de R$ 1 bilhão em dívidas de igrejas à União. A proposta foi apresentada pelo filho do missionário RR Soares, deputado David Soares (DEM-SP). O PL aguarda sanção de Jair Bolsonaro.

Na data da votação, apenas o deputado baiano Daniel Almeida esteve ausente. Os outros sete integrantes da bancada do partido na Câmara votaram favoralmente ao projeto. São eles: Alice Portugal (BA), Jandira Feghali (RJ), Márcio Jerry (MA), Orlando Silva (SP), Perpétua Almeida (AC), Professora Marcivânia (AP) e Renildo Calheiros (AL).

Jandira Feghali foi uma das que publicou uma nota sobre o tema: “Venho sendo questionada pelo voto na emenda que anistiou a dívida de igrejas. Esta matéria jamais seria de minha iniciativa pois tenho posição contrária, mas independente de minha opinião, votei de acordo com a orientação da bancada, que é praxe nas decisões do PCdoB no Parlamento”.

“Gostaria de ouvir os argumentos de deputadxs de partidos de esquerda, como do PT e PCdoB, sobre por q votaram a favor do perdão da dívida de um bilhão de reais das igrejas”, cobrou a jornalista Lola Aronovich no Twitter. Outros usuários passaram então a cobrar a direção do partido pela posição. "Estou perdendo a fé", protestou o ator José de Abreu.

Alguns deputados do PT também votaram a favor do projeto e o partido está sendo igualmente criticado nas redes: Benedita da Silva, Carlos Zarattini, Zé Neto e José Ricardo.

A lista dos votos pode ser conferida aqui, no site da Câmara

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email