Jucá, líder do golpe, fica fora do Senado

Idealizador e um dos principais articuladores do golpe "com o Supremo com tudo" para "estancar a sangria", o senador Romero Jucá (MDR-RR) não conseguiu se reeleger; com 98,21% das urnas apuradas, Chico Rodrigues e Mecias de Jesus foram eleitos para o Senado por Roraima; Rodrigues teve 22,67% dos votos e Mecias, 17,47%

Jucá, líder do golpe, fica fora do Senado
Jucá, líder do golpe, fica fora do Senado (Foto: Foto Lula Marques/AGPT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - Com 98,21% das urnas apuradas, Chico Rodrigues e Mecias de Jesus foram eleitos para o Senado por Roraima. Rodrigues teve 22,67% dos votos e Mecias, 17,47%. Os senadores Romero Jucá (MDB) e Angela Portéla (PDT) não conseguiram se reeleger.

Em Roraima, dois candidatos ao Senado tiveram as candidaturas indeferidas: Rudson (PV) e Christian (PATRI).

Os votos brancos foram 7,45% e os nulos, 16,04%. As abstenções foram 13,86%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247