Kassab: "não vejo a menor chance de Alckmin ser vice do Lula pelo PSD"

"Faço isso de uma maneira muito respeitosa, ele é muito qualificado, mas não vejo a menor chance dele ser vice do Lula pelo PSD", disse Gilberto Kassab

www.brasil247.com - Geraldo Alckmin e Gilberto Kassab
Geraldo Alckmin e Gilberto Kassab (Foto: ABr)


247 - Gilberto Kassab, presidente do Partido Social Democrático (PSD), disse em entrevista ao Correio Braziliense publicada neste domingo (16), que mantém confiança na candidatura do senador Rodrigo Pacheco para presidente da República, apesar de aparecer com apenas 1% das intenções de voto nas pesquisas. 

Ao falar sobre a possibilidade de candidatura do ex-tucano Geraldo Alckmin como vice do ex-presidente Lula pela legenda, Kassab disse inicialmente que seria "leviandade comentar sem saber as circunstâncias". No entanto, em seguida, garantiu que não há vaga no PSD para que Alckmin entre como candidato a vice com Lula.

"A franqueza é muito importante. Nós não vamos deixar uma pessoa do gabarito de Geraldo Alckmin se filiar sonhando com algo que possa não acontecer. Nós temos, no PSD, quadros muito valorosos, que, se por acaso tivesse uma aliança, seriam apresentados para ser o vice, caso tivesse essa aliança. Faço isso de uma maneira muito respeitosa, ele é muito qualificado, mas não vejo a menor chance dele ser vice do Lula pelo PSD", disse o ex-prefeito de São Paulo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Kassab disse não se importar com o desempenho de Pacheco nas pesquisas. "Na minha campanha eleitoral para prefeito de São Paulo, no mês de junho eu tinha 3%, e eu ganhei as eleições do Geraldo Alckmin e da Marta Suplicy. Hoje, com os meios de comunicação ágeis, com as redes sociais, nós conseguimos mandar uma proposta a todo o Brasil em um espaço muito curto de tempo", argumenta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Kassab não esconde que ele está mais empolgado com a campanha de Pacheco do que o próprio senador. "Depois da sua filiação, nós fizemos um grande encontro nacional do partido, onde abraçou a candidatura. Acredito que, até março, nós teremos um momento adequado para a manifestação dele. Eu tenho muita confiança de que ele acabe aceitando o convite... Eu sou daqueles que torce e trabalha para que ele aceite, e, com muita calma, eu imagino que ao longo do mês de março ele vai se definir. Eu tenho uma confiança muito grande que a definição será pelo aceitamento", disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email