Lira busca se distanciar do governo e alfineta Maia

Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara, buscou evitar se anunciar como o candidato de Bolsonaro, dizendo que "eu sou candidato a presidente da Câmara dos nossos partidos, dos partidos que fazem parte da nossa base"

Jair Bolsonaro e Arthur Lira
Jair Bolsonaro e Arthur Lira (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O candidato à presidência da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), buscou evitar que seu nome seja associado a Bolsonaro durante entrevista à CNN Brasil. 

Visto como o candidato do governo pela oposição, Lira rebateu as críticas: "Eu sou candidato a presidente da Câmara dos nossos partidos, dos partidos que fazem parte da nossa base. E o diferencial da nossa campanha é que temos contato direto com parlamentares, independentemente de partidos ou de tendências, sejam eles de centro, de direita ou de esquerda. Eu não rejeito apoio de ninguém nem de nenhum partido", declarou.

"Eu não nego apoio de ninguém e não rejeito apoio de ninguém. A eleição da Câmara é uma eleição interna, compete aos deputados escolher o seu presidente, sem influência de ninguém", acrescentou.

Lira também aproveitou a ocasião para alfinetar Rodrigo Maia (DEM-RJ): "No sentido de tudo que o 'patrocinador' de campanha do candidato Baleia [Rossi] pregou de responsabilidade ao teto de gastos, a pergunta que eu faço é: de onde viriam os recursos para o alargamento do auxílio e aumentar a renda do Bolsa Família?", disse o candidato.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247