Lula agradece a Macron por “cordial recepção” e diz que “líderes mundiais precisam sentar à mesa para dialogar”

Encontro histórico entre Lula e Macron foi pautado por uma estima mútua e convergência na necessidade de combater a fome, a crise climática, a desigualdade e a extrema direita. Uma contraposição completa ao que representa Jair Bolsonaro

www.brasil247.com - O abraço de Lula e Macron e a reunião entre os dois
O abraço de Lula e Macron e a reunião entre os dois (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O histórico encontro entre o presidente francês Emmanuel Macron e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na manhã desta quarta-feira (17) no Palácio do Eliseu em Paris terminou com um agradecimento de Lula pela “cordial recepção”. Todo o encontro foi marcado por uma evidente estima mútua  e convergência na necessidade de combater a fome, a crise climática, a desigualdade e a extrema direita. Uma contraposição completa ao que representa Jair Bolsonaro.Veja a foto do encontro, com Lula ladeado pelo ex-chanceler Celso Amorim e o atual presidente da Fundação Perseu Abramo, Aloizio Mercadante:

macron-celso-amorim-lula-mercadante
Macron, Celso Amorim, Lula e Mercadante(Photo: Ricardo Stuckert)Ricardo Stuckert

Veja o caloroso abraço de Lula e Macron: 

lula-macron


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao final da reunião, Lula destacou que “os líderes mundiais precisam sentar à mesa para dialogar e enfrentar esses desafios com uma governança global. Dividimos preocupações como o avanço da extrema direita pelo mundo e as ameaças à democracia e aos direitos humanos”. E anotou que estiveram também na pauta do encontro “a urgência climática e questões globais como a fome e a pobreza. Também conversamos sobre o futuro da União Europeia e a integração da América Latina”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja os tuítes de Lula:

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista:


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email